Hora de Mudar

12 de outubro – Dia das Crianças

12 de outubro – Dia das Crianças

12 de outubro – Dia das Crianças

Me questiono se no dia das crianças deveríamos festejar as crianças ou os pais.

Já foi o tempo em que apenas um olhar bastava para que os pais conseguissem  fazer os filhos se comportarem.

Hoje são senhores da situação em casa, na escola, no trabalho e claro nas relações. Sim nas relações (todas), porque  crescendo mimados, sem disciplina e respeito continuam adultos/crianças, e não tem “olhar” que os façam se “comportarem”.

Para comemorar essa data nada melhor do que ouvir e ler o que criou nosso grande poeta Vinicius de Moraes no Poema Enjoadinho, falando justamente disso.

Coloco duas versões  em vídeos  uma adaptação  de José Cantos Lopes e uma outra com o próprio Vinicius  declamando sua poesia.

Poema Enjoadinho – Vinicius de Moraes (1990)  – 

Poema Enjoadinho – Vinicius de Moraes (1990)

Filhos… Filhos?

Melhor não tê-los!
Mas se não os temos
Como sabê-los?

Se não os temos
Que de consulta
Quanto silêncio
Como os queremos!

Banho de mar
Diz que é um porrete…

Cônjuge voa
Transpõe o espaço
Engole água
Fica salgada
Se iodifica

Depois, que boa
Que morenaço
Que a esposa fica!

Resultado: filho.

E então começa
A aporrinhação:
Cocô está branco
Cocô está preto
Bebe amoníaco
Comeu botão.

Filhos? Filhos
Melhor não tê-los

Noites de insônia
Cãs prematuras
Prantos convulsos
Meu Deus, salvai-o!

Filhos são o demo
Melhor não tê-los…

Mas se não os temos
Como sabê-los?

Como saber
Que macieza
Nos seus cabelos
Que cheiro morno
Na sua carne
Que gosto doce
Na sua boca!

Chupam gilete
Bebem xampu
Ateiam fogo
No quarteirão
Porém, que coisa
Que coisa louca
Que coisa linda
Que os filhos são!

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

16 − três =