Hora de Mudar

Amor Maduro

Amor Maduro

amor-maduro1 

  m_cb4423529085b6b68553b2dc635c49e1

 

 

 

Quando se procura algo sobre o “Amor maduro” encontramos muita pouca coisa escrita, poucas experiências, mesmo sabendo que é um tipo de amor que existe “desde sempre” e que tem chamado atenção ultimamente.

Com o sucesso de “público” do texto abaixo “ANDIAMO PRENDERE UM GELATO” e por insistência de alguns resolvi voltar ao tema.

 

Veja quais as principais diferenças entre um amor maduro e um amor verde (imaturo) que consegui compilar.

Será que isso te agradaria?

 

O amor maduro é:    

Tranqüilo, o verde é turbulento.
Um livro aberto, o verde vive de segredos (nem que sejam de polichinelo).
Atento às necessidades do outro, o verde é atento às próprias necessidades.

Seguro e calmo, o verde é carente e impaciente.
Estável, o verde vive no fio da navalha.

Maior em intensidade, o verde é menor em qualidade.

Mais sólido, definido, colorido e poetizado, o verde necessita da demonstração.

Valorização do melhor do outro, com a melhor parte salva de cada pessoa, o verde é a valorização do Eu.


O amor maduro:
 
Ilumina, o verde ofusca
Tem problemas, problemas da felicidade, o verde problemas da infelicidade

Existe para dar, o verde existe para receber.
Constrói, o verde corrói.
Perdura, o verde tem prazo de validade (a prazo, ou “amadurece” ou morre).
Não cobra, não disputa, pouco pergunta, menos quer saber, o verde quer vencer, dominar.

Cresce na verdade, o verde morre na mentira.


O amor maduro vive de:
 
Paz, o verde tem necessidade de conflito

Admiração, o verde vive da crítica.
Muitas pequenas coisas, o verde de grandes gestos de efeito dramático.
Respeito e compreensão, o verde vive de imposição.
Verdade, o verde vive de representação.
Confiança, o verde vive da dúvida.
Ceder pelo prazer (por amor), o verde vive de ceder imposto pela força (por poder).
Fidelidade, o verde vive da traição.

 

O amor maduro: 

 

Não pode, tem.

Não exige, dá.

Não pergunta, advinha.

Existe para ser feliz.

Só teme o que cansa, machuca ou desgasta.

Não precisa de armaduras, coices, cargos, enfeites, discursos ou medalhas, vive da percepção tranqüila da essência do outro.

Luminoso, sem ofuscar.

Discreto, mas certo.

Quem ama de forma verde, ama porque necessita da pessoa amada.

Quem ama de forma madura, necessita da pessoa amada porque a ama.

 

Tentemos ser maduros no amor… eu acho que vale a pena tentar!
 
O que você acha?????

  

4 thoughts on “Amor Maduro

  1. roberta

    PARABÉNS MAIS UMA VEZ…FANTÁSTICO O TEXTO…VC CONSEGUIU DESCREVER EM POUCAS PALAVRAS O VERDADEIRO AMOR MADURO! Poucos encontram, todos querem encontrar…eu, infelizmente ainda não encontrei o meu, embora hoje, me sinta madura para viver esse amor…AUTOR, BEIJO CARINHOSO!

  2. Raquel

    Quero amadurecer no amor!
    Eu que tão precocemente amadureci na vida…ainda sou tão verde no amor!
    Quando vivenciarei o amor maduro?
    Maduro amor…

  3. Deusa

    Por ser exato
    o amor não cabe em si
    Por ser encantado
    o amor revela-se
    Por ser amor
    invade e fim….

  4. Carmen

    Belíssimo! ! !

    Deveríamos começar com toda essa sabedoria pois sofreríamos menos e usufluíamos as coisas boas muito mais!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

cinco + vinte =