Hora de Mudar

Ciúmes

Ciúmes

Quem ainda não sentiu ciúme que atire a primeira pedra. O ciúme é a outra ponta da ferradura do amor.

Pode haver ciúmes por várias coisas e situações, mas as mais comuns são aqueles que são sentidos e vividos dentro de uma relação amorosa.

É normal sentir ciúmes, vive-los em segredo e sem obsessão, ficando só para si até que demonstrações de afeto do parceiro (a) a fazem esquecerem. Sente necessidade de se expressar, mas quando o faz, fala em tom de brincadeira ou até com vergonha do seu parceiro (a).

A maior parte das vezes os motivos pelos quais se tem ciúmes do parceiro (a) não são os melhores, são exagerados, não têm fundamento… em suma, são motivos ridículos para ter ciúmes. Mas. . . .

Pensei e coletei esses motivos para que você procure analisá-lo e tente guardar esses ciúmes para si, controlando-os da melhor forma possível… a bem da sua relação.

Vamos lá:

1. Você tem ciúmes do tempo que o seu parceiro (a) passa com a mãe/o pai/a irmã ou familiares?

Vamos pensar juntos: porque motivo deveria ter ciúmes da mãe, do pai ou de outro familiar qualquer do seu namorado (a) ou esposo (a)? Quando você surgiu na vida dele (a) a família já existia, e família é família. Vai gostar se a situação se inverter? Para que sofrer com isso, coloquem no lixo esse ciúmes e nunca verbalize ele para seu companheiro (a). A melhor maneira de vencer esse tipo de ciúmes é criar uma forte relação com eles porque aí vai conhecê melhor e vai chegar à conclusão que “não tem nada a ver”.

2. Você sente uma pitada de ciúmes quando vê o seu parceiro (a) cumprimentar um amigo (a) do sexo oposto?

Ele (a) apenas está sendo educado (a). Ele (a) está ou não com você afinal? Deveria pensar assim: “que legal quanta gente gosta dele (a) e ele (a) é meu (minha)”. Das duas uma, ou você não está segura (o) no relacionamento ou os motivos já são vários e aí é melhor pensa se não está na HORA DE MUDAR.

3. Ela (e) passa muito tempo com as amigas (os) e sente ciúmes disso?

O mundo mudou e hoje cultivar os relacionamentos faz parte do nosso dia a dia. As distâncias diminuíram com as redes sociais (Facebook, MSN, Skype, etc.). Não pode mais continuar pensando que ela (e) deve passar o tempo todo livre com você. O tempo que se passa com as amigas (os) é superimportante para uma vida saudável e equilibrada. Então não adianta ficar em casa chateado (a) e sofrendo com o ciúmes. O melhor a fazer é organizar saídas com os amigas e/ou amigos e aproveitar.

4. Quando ele (a) for viajar, não vai falar em tom de brincadeira “divirta-se sem mim” e depois faz cara de triste?

Você se viu ao ler a frase acima? Cuidado esse é ciúmes inocente, mas faz o seu parceiro (a) ficar incomodado de estar indo e você vai ficar sofrendo.

5. Você tem ciúmes porque o seu parceiro (a) tem um bom amigo que é do sexo oposto?

Que mulher gosta que o seu namorado/marido tenha uma melhor amiga? Também nenhum homem gosta que a sua namorada/esposa tenha um melhor amigo. É simples assim. Mas nada de um ataque de ciúmes sempre que ela telefona ou que ele a convida para tomar um café. Se você está seguro da sua relação e confia na pessoa com quem está, então tenha a maturidade suficiente para aceitar essa amizade como outra qualquer.

6. Os dois trabalham e tem ciúmes porque seu parceira (o) ganha mais que você?

Este é o ciúmes mais comum entre os homens e pode azedar uma relação. Porque ter ciúmes se está nessa relação pela pessoa que tem a seu lado e não pelo seu dinheiro. É um ciúme completamente desnecessários.

7. Você tem ciúmes do tempo que seu parceiro (a) dedica ao trabalho?

A realização profissional é hoje tão importante quanto à realização pessoal e ambas se complementam, então por que ter ciúmes de algo que realiza tanto a pessoa que você ama? Não confunda essa dedicação com negligência, falta de prioridades, não querer estar numa relação, querer arranjar motivos para terminar a relação. Aproveite toda essa energia ciumenta para fazer algo que os dois curtem e aproveite ao máximo o tempo em que estão juntos.

8. Tem ciúmes da (o) ex do seu parceiro (a)?

Ai, ai, ai. Quando os seus pensamentos acerca dos “ex” começam a dominar sua mente, cuidado. Pior que isso só quando as conversas do casal ficam girando sobre o “ex”. No início é curioso saber alguma coisa diferente sobre a ex-namorada dele, mas ai vai querer saber mais e vai-lhe perguntar mais e mais e logo vai estar se comparando a ela e sem se aperceber vai acabar discutindo porque ele continua a falar a toda hora dela (lembre-se foi você quem perguntou e se interessou). Isso é muito ruim porque entra num círculo vicioso e ciumento que não interessa a ninguém, até porque o passado é o passado e todos nós temos um.

9. Fica com ciúmes com o visual da sua parceira (o)?

Ficou com ciúmes de como sua parceira (o) se vestiu para ir para a academia? Fica com ciúmes de como seu parceiro (a) se veste, arranja o cabelo, maquia? Ela (e) apenas está querendo agradar a pessoa que ama sentir-se bonita (o) e sexy aos olhos da sua cara-metade. Esqueça, este é um ciúme ridículo.

10. Ah sim, e o ciúmes do mural no Facebook do seu parceiro (a)?

Como estava me esquecendo. Por que falar de forma tímida e aparentemente desinteressada que está a par do mural do Facebook de seu parceiro?  Se o Facebook aproxima as pessoas hoje, também hoje é o culpado por acabar com muitas relações. Não esqueça que o Facebook é um local de encontro e convívio com amigos, e não um site de encontros. Para que ter ciúmes nos posts, nas fotografias, nos comentários, na foto do perfil?  Se ficar procurando “pelo em ovo”, com certeza vai acabar encontrando, pois ninguém controla o que vai ser lá colocado pelos outros. E não se esqueça de quem sabe aquela “amiga” não está querendo ver o fim da sua relação. Nenhum “ponto de encontro” (barzinho, Facebook, encontro de amigos numa festa) vale uma cena de ciúmes.

Enfim, alguns ciúmes são bons e inocentes e pode ser entendido como saudáveis para uma relação como demonstrações de amor, de proteção, deixa transparecer a vontade de estar com seu parceiro (a) ou mesmo o medo de o (a) perder.   São ciúmes sem más intenções e a pessoa que sente esses ciúmes, vive-os de uma forma secreta e não obsessiva, guardando-os para si até se esquecer; exprime-os em tom de brincadeira ou até de vergonha ao seu parceiro (a).

Mas tem aqueles ciúmes que são destrutivos que além de acabar com uma relação afeta as pessoa. Na maioria das vezes esses ciúmes estão relacionados a comportamentos paranoicos, obsessivos, possessivos e de total falta de confiança, pois um dos dois tenta controlar o outro totalmente, colocando limites no que ela (e) pode fazer vestir, com pode falar, para onde pode ir, etc..

Esse tipo de ciúme é perigoso porque pode levar a agressões verbais e físicas. Veja se alguma das situações abaixo te fala alguma coisa, se sim tenha consciência que esse tipo de ciúme não é saudável, nem para você, nem para a relação e é HORA DE MUDAR.

  • O seu parceiro (a) pergunta-lhe aonde vai e depois aparece no local de surpresa?
  • O seu parceiro (a) lhe proíbe de vestir determinada roupa ou utilizar determinada maquiagem?
  • O seu parceiro (a) não admite que saia sem ele (a), mas se isso acontecer faz-lhe sentir culpada (o) por tê-lo feito?
  • O seu parceiro (a) controla-te com celular te ligando a toda hora, dia/noite para ver onde você está o que está fazendo e com quem?
  • O seu parceiro (a) acusa-lhe regularmente de lhe ser infiel apesar de todas suas demonstrações de amor e dedicação?
  • O seu parceiro (a) não consegue conviver com o seu mural de Facebook e quer saber tudo sobre os comentários e te proíbe de continuar a teclar com determinadas pessoas?
  • O seu parceiro (a) está toda hora te jogando na cara que só tem amigos do sexo oposto porque estes querem dormir consigo?
  • O seu parceiro (a) verifica as chamadas e SMS do seu celular?
  • O seu parceiro (a) exige que lhe dê a senha do seu email pessoal?
  • O seu parceiro (a) em crise de ciúmes te ameaça fisicamente?

Se uma destas perguntas tem um SIM na resposta é melhor repensar o relacionamento e ver se não é HORA DE MUDAR.

3 thoughts on “Ciúmes

  1. Paty

    Gosto de imaginar o ciúme como prova de amor, mas acho que preciso rever meus conceitos. Gostei do texto. Bjs

  2. Larissa

    Ciumes é como bicho de goiaba, quando entra estraga tudo e muitas vezes você nem percebe e continua comendo….. Brrrrrrrrr

  3. Aleksandra

    Adorei o texto!!!!
    Sempre achamos uma bobagem dizer que o facebook tem o “poder” de causar intrigas, mas o pior é que causa. Estou vivendo isso na pele.
    É um exercicio não ter ciumes de alguns posts e quando tenta provar o contrário, os comentários, as mensagens e afins, torna a situação mais delicada.
    É preciso ter muita maturidade.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

3 + seis =