Hora de Mudar

Hora de Mudar as Atitudes Pessoais

Hora de Mudar as Atitudes Pessoais

Carvalho - arvore

Carvalho - arvore

 

 ∞

Dizem: “Depois da tempestade vem à bonança”, quem já não ouviu ou leu isso? Pois é, durante a “crise dos 30”, o fim de um relacionamento ou mesmo a saída de um emprego, paramos para uma reflexão e resolvemos mudar tudo e recomeçar.

E como sabemos se estamos mudando realmente?

Na realidade mesmo sem perceber sempre estamos mudando. Estamos mudando quando estamos em permanente processo de aprendizagem, antenados, prestando atenção a tudo que acontece, não olhando só as manchetes dos jornais e revistas, mas analisando tudo dentro de uma visão maior e percebendo que tudo pode ter mais de um significado e pode nos afetar direta e ou indiretamente.

O que tem diferente então para dizer: agora é a Hora de Mudar? O diferente agora é que vai mudar consciente da necessidade de mudar certas atitudes pessoais que são “cômodas”, mas que te incomodam e não trazem sua felicidade. Não é o que quer para o resto da sua vida.

Você muda quando consegue conciliar todos os níveis de sua vida e passa a estar em paz consigo mesmo e a viver sua vida pessoal e profissional em harmonia.

Para seguir a frente com essa mudança você tem que ser realistas. Deve fazer as mudanças dentro de suas possibilidades atuais. A mudança é agora, sonhos são planos futuros. Se tivermos essa perspectiva estaremos realizando os sonhos passo a passo. Se quiser dar passos muito maiores que suas possibilidades atuais o que vai acontecer é que em vez de ir saindo da crise vai se afundar ainda mais achando que não conseguirá e aumentará sua angustia.

Repetindo, não adianta querer dar passos maiores que as pernas. Tem que ter consciência do que é possível no momento e fazer o possível . Consciente disso fica muito mais fácil para você ir aumentando a velocidade das diversas decisões a serem tomadas, sem forçar nada, agindo sem medo, aceitando as idas e voltas, os erros e acertos, as hesitações que certamente aparecerão, enfrentando e superando-as uma a uma.

Como começar?  Simples, pelo começo. Comece pelo mais fácil, o mais simples, o que pode começar . Esse será o primeiro passo dessa longa caminhada. Não pense no tamanho desse caminho, vá passo a passo, até onde for possível e durante toda caminhada, pare para descansar para depois voltar a caminhar.

Gabriele Andersen - 1984 última a chegar, mas chegou

Gabriele Andersen - 1984 última a chegar, mas chegou

 

Lembre-se que temos corredores de 100m (muita velocidade em poucos segundos) e maratonistas – corredores de 10.000 m (resistência e baixa e constante velocidade). Você está entrando numa corrida de 10.000m, mas tenha certeza que ela tem uma linha de chegada. É preciso ter força de vontade, determinação, resistência aos obstáculos, tomar muita “água” pelo caminho, ouvir seus técnicos (amigos, conselheiros, pessoas que te querem bem) e completará a longa maratona com sucesso. Como no esporte o importante é competir, chegar e não necessariamente ser o primeiro a cruzar a linha de chegada.

Toda mudança é uma evolução e para mudar temos que realmente querer mudar. Querer mudar é decidir e isso assusta. Decidir é fazer escolhas e isso implica em riscosganhos e perdas. Não existe certeza absoluta, erros poderão acontecer, mas tem que se valorizar e ter claro que está mudando para melhor (para você não necessariamente para os outros) e saberá encontrar o melhor momento e a melhor forma de decidir e de agir.

Você decide quando está convencida de que uma das opções é melhor que as outras e vai procurar se fortalecer nessa decisão, levando-a adiante. Se você ficar de olho no que vai perder e se apegar a rotina conhecida não vai decidir mudar porque não percebe o valor da nova escolha.

Muitas pessoas querem mudar, sabem até que têm que mudar, mas ficam sem saber o que pôr no lugar. Estão tão feridas com perdas passadas, que permanecem paralisadas com o medo apavorante de acumular mais uma derrota.

Por isso é importante encontrar pontos de apoio. Pessoas em que confia e que não tem inveja de você ou que te prejulguem e grupos de apoio são importantes nesse momento. Profissionais que te levem a se perceber melhor e te ajudem a desvendar seus processos mentais e emocionais são bem vindos nessa transição. Somos seres únicos e complexos, cada um tem suas crenças, suas formas de expressar sua religiosidade, suas verdades. Se elas te ajudam, a ter mais paz, a comunicar-se mais com os outros podem ser muitos úteis neste momento.

Você tem seu próprio tempo para tomar as decisões, para perceber tudo claramente. Esse é um processo que não se deve apressar ou forçar de fora, mesmo que pareça evidente a solução. Quem te cerca pode te informar, dar apoio, mostrar novas visões, mas nunca induzi-la a decidir. Você saberá o momento certo para mudar.

Mudanças em nossas vidas sempre são necessárias, ficar na mesmice, na rotina, acomodar, não estar com nada, não é viver.

Para viver temos que mudar. Um dia foi feto, aí mudou e passou a ser bebe, e ai mudou novamente passou a ser criança, e não parou foi “aborrecente”, jovem e ainda vai ser adulto e melhor idade.

Vivemos em constante mudança buscando evolução, já estou mudando novamente inclusive de relacionamento, rs. E você?

Para fechar algumas frases de pensadores de diversas linhas de pensamento. Porque será que todos se preocuparam em por em palavras a importância da mudança de atitudes?

Pense nisso.

Bambuzal - saída do Aeroporto de Salvador - Bahia - Brasil

“Tudo é mudança; tudo cede o seu lugar e desaparece” (Euripedes)

“Uma mudança deixa sempre patamares para uma nova mudança” (Niccolo Maquiavel)

 “Se você não pode mudar seu destino, mude sua atitude!” (Amy Tan)

 “Não é o mais forte que sobrevive, nem o mais inteligente, mas o que melhor se adapta às mudanças” (Charles Darwin)

 “Nem tudo que se enfrenta pode ser modificado, mas nada pode ser modificado até que seja enfrentado” (Albert Einstein)

 “Todo o dia Deus nos dá um momento em que é possível mudar tudo que nos deixa infelizes. O instante mágico é o momento em que um ‘sim’ ou um ‘não’ pode mudar toda a nossa existência. (Nas margens do Rio Piedra eu sentei e chorei)” (Paulo Coelho)

“Quando a gente muda, o mundo muda com a gente, e agente muda o mundo com a mudança da mente, na mudança de atitude não há mal que não se mude nem doença sem cura, na mudança de atitude a gente fica mais seguro, na mudança do presente a gente molda o futuro…” (Gabriel o pensador)

4 thoughts on “Hora de Mudar as Atitudes Pessoais

  1. Angel

    Aceitar as mudanças não é fácil. Vou aceitar o conselho de Darwin: Não é o mais forte que sobrevive, nem o mais inteligente, mas o que melhor se adapta às mudanças, VOU ME ADAPTAR . . . rs

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

dezessete + 14 =