Hora de Mudar

Ninguém conhece alguém por acaso…

Ninguém conhece alguém por acaso…

picasso1 

Nada nesta vida acontece por acaso.  Ninguém chega até nós por um simples acaso.  Existe um dito popular muito sábio que diz:  “ As pessoas não se encontram por acaso,  nem permanecem em nossa vida  por causa desse simples acaso”. 

 

Eu sempre soube a vida inteira que um dia iria encontrar alguém e viver um novo grande amor, intenso, total.

 

Pense nisso.

 

” O DESTINO DE CADA UM” 

 

“Destino não é sorte, mas uma questão de escolha, não se espera, se busca”.

 

Passamos por momentos de plena felicidade em nossas vidas. Momentos estes que nos marcam de uma forma surpreendente e nos transformam, nos comovem, nos ensinam e muitas vezes, nos machucam profundamente. 

 

As pessoas que entram em nossa vida, sempre entram por alguma razão, algum propósito. Elas nos encontram ou nós as encontramos meio que sem querer, não há programação da hora em que encontraremos estas pessoas.

 

Assim, tudo o que podemos pensar é que existe um destino, em que cada um encontra aquilo que é importante para si mesmo. Ainda que a pessoa que entrou em nossa vida, aparentemente, não nos ofereça nada, mas ela não entrou por acaso, não está passando por nós apenas por passar. O universo inteiro conspira para que as pessoas se encontrem e resgatem algo com as outras.

 

Discutir o que cada um nos trará, não nos mostrará nada, e ainda nos fará perder tempo demais desperdiçando a oportunidade de conhecer a alma dessas pessoas.

 

Conhecer a alma significa conhecer o que as pessoas sentem, o que elas realmente desejam de nós, ou o que elas buscam no mundo, pois só assim é que poderemos tê-las por inteiro em nossa vida.

 

A amizade é algo que importa muito na vida do ser humano, sem esse  vínculo nós não teremos harmonia e nem paz. Precisamos de amigos para nos ensinar, compartilhar, nos conduzir, nos alegrar e também para cumprirmos  nossa maior missão na terra: “Amar ao próximo como a si mesmo”.

 

E para que  isso aconteça, é preciso que nos aceitemos em primeiro lugar, e depois  olhemos para o próximo e enxerguemos o nosso reflexo. Essas pessoas entram  na nossa vida, às vezes de maneira tão estranha, que nos intrigam até. Mas cada uma delas é especial, mesmo que o momento seja breve, com certeza  elas deixarão alguma coisa para nós.

 

Observe a sua vida, comece a recordar todas as pessoas que já  passaram por você, e o que cada uma deixou. Você estará buscando a sua própria identidade, que foi sendo construída aos poucos, de momentos que aconteceram na sua vida, e que até hoje interferem em seu caminho. Quando sentir que alguém não lhe agrada, dê uma segunda chance de conhecê-lo melhor, você poderá ter muitas surpresas cedendo mais uma oportunidade.

 

Quando sentir que alguém é especial para você, diga a ele o que sente, e terá feito um momento de felicidade na vida de alguém. Abrace o seu amigo, os seus irmãos, os seus filhos, o seu amado (a). Dê um sorriso para todos, até ao seu inimigo.

 

Se estiver amando, ame pra valer, viva cada minuto deste amor, sem medir esforços. Seja alegre todas a manhãs, mesmo que o dia não prometa nada de novo. Planeje o seu destino! Sopre aos ventos os seus sonhos, eles irão se espalhar pelos ares  e voltar a você em forma de realidade.

 

Preste bastante atenção em todas as pessoas,  elas poderão estar trazendo a sua tão esperada

 

FELICIDADE

 

11 thoughts on “Ninguém conhece alguém por acaso…

  1. Áurea Schell

    Realmente caro amigo nada acontece por acaso não muito menos as pessoas que conhecemos.
    Parabéns pelo texto

  2. Deusa

    Como sou brasileira e não desisto nunca, estou por aqui…..
    Esperando os comentários.
    Você se esqueceu?

  3. esantos Post author

    Incognita leitora. A pedido dos deuses irei pesquisar e depois comentarei. Ela tem alguma semelhante com essa Deusa que vive no anonimato?

  4. Deusa

    Quando olhei para este quadro pensei:
    -Esta mulher retradada é fruto da imaginação de Picasso ou ela realmente existiu?
    Querido autor você poderia pesquisar, o que acha?

  5. Rosa Camargo

    Parabéns autor, como sempre você consegue nos mostrar que viver vale a pena…não importa o quanto é preciso se dar, mas sim o quanto recebemos em troca, ou o se não recebemos o que esperamos, um ensinamento tiramos da relação.
    Obrigada por você fazer parte da minha história.
    Beijos!

  6. Tânia Sassone

    Autor, realmente foi como vc disse, adorei a mensagem… Contém verdades, e um modo de ver a vida otimista, e, com um olhar doador! Sou muito (infelizmente) medrosa, todavia aceito bem as mudanças, desde que eu tenha a certeza que estarei indo para um caminho melhor… Assim acredito que a mudança quando feita com consciência de não estar se machucando, e, principalmente não machucando ninguém, ela será sempre bem vinda!!

    Beijos!!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

12 − um =