Hora de Mudar

Onde estamos errando?

Onde estamos errando?

Onde estamos errando?

 

Salvador Dali - Mente e tempo

Salvador Dali – Mente e tempo

 

Diante de tantos acontecimentos estranhos, para dizer o mínimo, me consulto e não encontro explicações.

Sabemos que a vida quando começa é neutra. Ela, a vida, por si só, não tem significado.

À medida que a vida vai acontecendo, vamos fazendo escolhas e começamos então a dar sentido às coisas de acordo com a compreensão que temos da vida.

Podemos fazer a vida bela ou feia dependendo do que vamos vivenciando e tudo depende da habilidade que desenvolvermos de equilibrar consciência (razão) e emoção.

A vida em si é simples, fácil e neutra e é você que se coloca livre ou escravo.

Quando nascemos nossa mente está vazia e estamos ávidos por aprender. À medida que vamos vivendo começamos a formar nossas opiniões, conceitos e nossas próprias verdades influenciados pelo ambiente, pela família, pela escola ou pela informação que temos a mão.

A partir disso passamos a ser orientados pelo nosso passado com uma visão limitada bem diferente de quando era criança. Deixamos na maioria das vezes de ser livres para novas ideias e acabamos nos limitando as nossas experiências anteriores.

Deixamos de ser aquela criança que vivia o presente, o momento, onde não havia passado e nem futuro.

Podemos então afirmar, que tempo e mentes estão intimamente ligados. Quando temos a mente livre somos o senhor do tempo. Quando temos a mente presa a paradigmas ou preconceitos nos tornamos escravos do tempo.

É essa mente presa em si e ao passado que a maioria das pessoas leva para sua vida profissional ou pessoal, presos nas suas verdades, e acabam perdendo grandes oportunidades de negócios ou de relacionamentos.

Se quisermos fazer a vida bela temos que entender que a felicidade é uma longa jornada e não um destino aonde se chega. A felicidade não é amanhã, é hoje, agora. A felicidade não é dependência, é uma decisão.

A felicidade é você quem faz, é o que você é, e não o que você tem.

Num momento de crise (crise econômica, moral, politica, costumes, religiosos, etc.) como a que estamos vivendo no mundo todo, a primeira decisão que temos que tomar é manter a mente aberta, o coração aberto, relaxarmos e assumir o espirito de paz, e nos mantermos altivos de cabeça erguida.

Para enfrentar qualquer tipo de crise é fundamental equilibrar nossas inteligências emocional, espiritual, racional (intelectual) e física, e aí podemos de forma neutra viver o momento sem grandes traumas.

Quando estamos abertos a aprender, tudo fica mais fácil afinal o que faz uma pessoa feliz ou infeliz tem uma fórmula bem simples:

 

felicidade

Veja mais sobre o assunto no texto deste blog

http://www.horademudar.com.br/por-que-os-jovens-estao-infelizes/

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

19 + 12 =