Hora de Mudar

Que erros evitar num relacionamento (para elas)

Que erros evitar num relacionamento (para elas)

Home Sweet Home by José Eduardo Boaventura

Home Sweet Home by José Eduardo Boaventura

 

 ♥ 

Toda mulher quer acertar e ser feliz nos assuntos do coração, mas na tentativa de não errar acabam metendo os pés pelas mãos, principalmente no inicio de um relacionamento.

Assim um relacionamento que poderia ser promissor acaba sendo destruído por equívocos básicos que mesmo sabendo acabam elas cometendo. Esses erros depois vão se repetir em relacionamento estáveis e quem quer manter deve cuidar.

Lembrem-se quem não dá assistência, abre concorrência e pode perder a preferência. Já quem cuida têm.

O erro já começa na escolha.  Se você que está esperando o Príncipe Encantado e não dá atenção aos “sapos”, cuidado. Viver no mundo do “faz de conta” pode estar te cegando e você não consegue prestar atenção ao redor. As avós já diziam: “quem muito escolhe, acaba sendo escolhida”.  Na verdade quem escolhe demais acaba não escolhendo ninguém e assiste a vida passar. Sempre tem o perigo de encontrar o homem perfeito, mas ele também pode estar procurando a mulher perfeita. Olhe ao seu redor e repare naquele cara tímido, que não se veste segundo seu padrão, um nerd, eles podem ser bons de papos e de pegada. Dê chance a você mesmo e quebre preconceitos que não te leva a nada. O beijo no sapo pode transformar ele no seu Príncipe. Lembra-se dessa parte da história do mundo de “faz de conta”?

Agora que está com ele pare de ficar imaginando as viagens (supostamente) divertidas que o amado teve com a ex, nas qualidades e beleza dela, pois isso é pura perda de tempo e energia. Não tem nada pior do que ciúmes baseado em suposições. Curta o relacionamento, afinal o namorado agora é seu e como você quer que o coitado esqueça-se dela se você vive falando dela.

Outro erro é pensar que o amor supera todas as diferenças. Acorde e saiba que só em romances e novelas é assim. Na vida real na maior parte das vezes, ele, sozinho, não consegue dar conta de sustentar uma relação. Compreensão, tolerância, empenho, entrega, muita paciência, educação, nível cultural e valores semelhantes também são essenciais para consolidar qualquer romance.

Num amor maduro (ver texto: Amor Maduro neste blog) ficar dramatizando, brincando de gato e rato não faz o menor sentido se realmente está afim de alguém. Fazer ciúmes, não atender ao telefone para deixá-lo preocupado, não aceitar um passeio ou cinema só para fazer “picuinha” é coisa de um amor verde, imaturo, coisa de garota de 15 anos. Você insistindo nesse modo de proceder ele pode te achar fútil e despreparada para assumir algo sério e assim te tratar ou simplesmente sumir.

Nunca tente cuidar da vida dele. Apesar de ser um impulso irresistível, pois toda mulher consegue realizar muitas tarefas ao mesmo tempo, mesmo as que não dizem respeito a elas, uma hora você acaba jogando tudo que fizeram na cara dele e aí “tchau” para o relacionamento. Ele não sabe onde colocou as chaves do carro, não comprou o presente da mãe dele, tem que pegar o terno na lavanderia? Problema dele.

Lembre-se usar discussões como pimenta do relacionamento é como marcar a data do fim. A principio pode parecer que tudo se resolverá na cama, nos beijos, mas depois de um tempo só fica o desgaste e as feridas vão surgir. Não estou dizendo que um casal nunca deve discutir por que ai também as coisas ficam constantes e chatas. Pontos de vistas diferentes valorizam a relação e um acaba dando ao outro novos pontos de vistas.

Nenhum homem gosta de marcação cerrada, porém mulher que não se importa com nada com medo de se tornar uma chata pode abrir precedentes. Aceitar um “happy hour” com o pessoal do trabalho é uma coisa, mas aceitar ele passar o Carnaval em Salvador é outra. Se aceitar ele pode acreditar que você é liberal e que estará tudo bem se continuar levando uma vida de solteiro mesmo estando namorando.

Quando começar a namorar continue fazendo tudo que vinha fazendo. Vá fazer um curso, vá dançar, marque um barzinho com as amigas. Nada de se privar, pois os homens quando começam a namorar sério, continuam a fazer as coisas de que gostam: jogar futebol, jogar play station, bater cartão no happy hour semanal, visitar feiras de automóveis etc. Valorize-se e será valorizada ajuda a crescer, a evoluir a relação.

Não tente mudá-lo. Quando você se encantar por ele lembre-se que junto virá à desorganização, as manias, os filmes de ação, os amigos, a “mãe”, os filhos, etc., afinal você também tem uma serie de hábitos irritantes e a não ser que ele tenha problemas sérios de higiene, releve. Ficar falando o tempo todo na orelha dele ou dar broncas não vai adiantar nada. Se tiver algo muito importante que deseje mudar, use o seu jeitinho, a sutileza.

Nunca embarque na teoria que “esse amor é para sempre”. As relações mais estáveis sofrem desse mal. É um erro grave. Toda zona de conforto é perigosa, pois você vai deixar de vê-lo como alguém interessante e acaba deixando de cuidar da auto-estima. Um pouco de dúvida e mistério ajuda. A concorrência está grande, há mais mulheres do que de homens no mundo e algumas delas podem enxergá-lo como paquerável…

Não tente descontar seus problemas nele. O dia foi péssimo, pegou “a” maior chuva, o trânsito estava infernal, “a” caixa do banco saiu para almoçar bem na sua vez, “a” coleguinha venenosa do escritório quis puxar seu tapete, “a” TPM chegou e trouxe de brinde uma tremenda enxaqueca?  O que ele tem a ver com isso?  Não o contamine com seu mau humor. Nessas horas, o ideal é dizer que quer ficar sozinha e espere o astral melhorar, até encontrá-lo.

Homens gastam fortunas em tênis, relógios, celulares, joguinhos e até videogames, mas sempre acham que a companheira é uma louca consumista quando cometem alguma extravagância. Então não o irrite revelando a ele o preço real daquela bolsa de grife ou dos sapatos de onça que você “precisava ter” no guarda-roupa? Muito menos ainda que o barman ficou te paquerando a noite inteira durante a baladinha com as amigas (só faça isso se ele realmente é seu cúmplice e não for ciumento).

Se você se apaixonou por alguém que já foi casado lembre-se, junto com ele vem um pacote inteiro. Não adianta ficar com ciúmes dos filhos. Se seu amado tiver que fazer uma escolha será por eles. Agora é tarde, o melhor é fazer o impossível para se dar bem com eles e a recompensa virá.

Não se preocupe em excesso com a aparência, principalmente no inicio do namoro. Eles querem fazer sexo com a luz acesa porque desejam ver seu corpo e não vão reparar em celulite ou estrias, a não ser que você as mostre – e isso não vai fazer a menor diferença. 

Seu relacionamento não pode ser sua única fonte de felicidade, se o relacionamento não deu certo, o chão se foi? Isso não pode!

Finalmente, nada é mais deprimente do que um casal de cara amarrada na cama, cada um virado para um lado. E pior ainda é já começar o dia seguinte na base do mau humor. Por mais feia que seja a discussão o melhor é resolver o atrito ou se acalmar e combinar para conversar melhor no dia seguinte com mais tempo. Ir para a cama brigada aumenta os estresses dos dois e abre espaço para magoas e ressentimentos. Mas ir deitar sem se falar, nem pensar!

Deve ter muitos outros erros, se você que me lê lembrar-se de algum não citado me mande que prometo incluir.

Se ao dirigirmos um carro tentamos a toda hora evitar cometer erros por que não fazer o mesmo num relacionamento?

3 thoughts on “Que erros evitar num relacionamento (para elas)

  1. Crislaine

    Oláa! Adorei!! e pretendo colocar tudo em prática. Mais o meu namorado é muito ausente, todo final de semana chega sempre tarde na minha casa ou nem chega. Sou pasciênte não brigo por tefone na verdade converso normalmente e depois fica tudo bem. Mais não estou vendo recompensa. O que eu faço, como saber das suas intenções ? Tem apenas 3 meses de namoro. Obrigada.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

quatro × três =