Hora de Mudar

Senza Fine (Sem fim)

Senza Fine (Sem fim)

AMOR COMPUTADOR

O destino nos prega muitas peças. Um dia, sem mais nem menos, cruza na sua vida alguém que começa a se tornar a própria vida.

Começa-se a sonhar com aquilo que viverás e quem sabe já viveu em outras dimensões. Quem sabe?

Não tem ontem, não tem amanhã e o destino está em suas mãos. Não tem diferença de idade, não tem distância, não tem nada além de amizade, de amor.

Você não se importa mais com lua, com estrelas porque esse alguém passa a ser seu sol, seu céu, sua lua e estrelas. Tudo aquilo que quer ter sem fim.

Estas palavras, alguém as disse um dia:

– “Não acredito que algum homem ou mulher possa se APAIXONAR virtualmente:

– Amor… é pele, é contato, é olho no olho. E… uma TELA… é gelada, “muito fria”!

Aqui, esse alguém também diria que o “amor virtual” não é amor. É um amor sem fim.

Mas se não é amor o que é? Porque a gente sente saudades e a nossa pulsação se torna acelerada por querermos junto a nós, sempre presente, (ainda que na tela do computador) essa pessoa, lá longe, desejada?

Quem me explica então, concretamente, o que se sente através da “tela fria”; da estranha sensação, de tal desejo ardente, da saudade, da dor, da nostalgia, por não termos junto a nós, e para sempre, essa pessoa que sentimos ser amada?

Como o amor não se define, só se sente, e se confunde, talvez, com amizade, saber o que é o amor, virtual ou real, com certeza, ninguém sabe!

Um amor sem fim? Você é um instante sem fim?

Não tem ontem não tem amanhã. Tudo está já em suas finas mãos, e em minhas mãos grandes, mãos teclando sem fim.

Deixe-se levar. Use a imaginação. VIVA

5 thoughts on “Senza Fine (Sem fim)

  1. Raquel

    Lindo texto! Profundo, sincero, um tanto quanto íntimo, não?? rsrsrs

    O Amor é tão inexplicável… complexo e ao mesmo tempo singelo, simples, que encontra em todas as brechas formas de existir, de se fazer sentir. Mundo moderno, tecnologia, frieza virtual?? Nada que o velho e sempre Amor não conheça, não invada, não aqueça Sem Fim!!

    Parabéns por mais um texto que leva a reflexão e ao amor! Abçs

  2. roberta

    Autor, gostei do texto e COM TODO O RESPEITO, tô achando que tem amor novo na sua vida heim? Se for isso, fico feliz por vc…vc merece! Semana que vem nos falamos. Beijo e ótimo final de semana.

  3. Fernanda

    Cabe uma citação, por Anaïs Nin?

    “Não vemos as coisas
    como elas são,
    mas como nós somos.”

    😉

  4. Brunella Paris

    Engraçado. Sabe que sempre meditei muito essa frase desse poeta :” Ninguém ama o que não conhece.Para amar é preciso estar perto, tocar, sentir.”
    Também nunca concordei.
    É aquela constante atitude de discordar de tudo que é superficial demais, né?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

quatro + treze =