Hora de Mudar

Amor Bandido

Amor Bandido

Amor Bandido

Amor Bandido

?

Já falei aqui neste blog de vários amores, o amor de mãe, o amor maduro, o amor virtual, o amor de amiga, as dores do amor, amor e diferença de idade, amor para sempre, amor que vai e amor que vem, mas neste texto vou falar do amor bandido.

Para uns o amor bandido não é amor e sim descontrole, é o relacionamento onde as duas pessoas não têm limites um para com o outro, onde não existe o respeito, lealdade, consideração, renúncia, companheirismo.

Para outros significa um amor roubado, mas muito gostoso. Aquele amor entre amantes, que às vezes faz sofrer pela indisponibilidade de um ou os dois serem casados, mas que quando estão juntos é muito bom. Enfim, é amor roubado, mas que não leva a nada e vive atormentando, fazendo infeliz quem os vive.

É aquele amor sem vergonha, proibido, mas que é bom pra caramba. Às vezes perigoso que pode deixar marcas para sempre.

A melhor definição de amor bandido que encontrei foi quando fui questionado por uma pessoa que estava vivenciando e queria saber como lidar com essa situação e ao eu tentar mostrar todos os contras e riscos de permanecer nessa relação e que não entendia porque ainda permanecia na relação se estava infeliz ela me disse: “sabe aquele doce que vai aumentar seu colesterol, te fazer engordar, mas que você não vai deixar de comer, e vai continuar comendo? É mais ou menos isso o amor-bandido” e deu muita risada.

Claro que superar uma desilusão de saber ter sido traída, ou viver toda hora brigando não é tarefa fácil. Todo mundo que passou por isso sabe muito bem do que estou falando, mas saber perdoar e se relacionar é outro departamento.

Depois de vivenciar uma traição, perdoar e se vê novamente na situação não faz o menor sentido você se maltratar ou se depreciar por ter dado uma nova oportunidade ao parceiro (a).

Quando perdoou e voltou, na realidade naquele momento você estava dando uma nova chance a você e ao relacionamento, o que infelizmente o parceiro (a) não soube valorizar.

Sempre devemos fazer o melhor e você fez o que julgava ser o melhor para aquele momento e perdoou. É sempre importante tentarmos de tudo para que não fiquemos com o sentimento de culpa por abandonar algo antes do final ou de não ter feito algo que ainda poderíamos ter feito.

Na verdade as coisas se complicam quando não paramos para pensar e não enxergamos ou não queremos enxergar a HORA DE MUDAR.

A cada nova investida do parceiro (a) mesmo não querendo acabamos comendo mais um “pedaço do doce” e depois ficamos com a dor de consciência nos dizendo que devemos fazer regime. Para que se enganar?

Pense, faça uma reflexão profunda seja honesta consigo mesmo e veja se não está dando esperanças, mesmo sem querer, ou algo que demonstre que poderia voltar. Se sim mude de atitude imediatamente, para que não haja a menor dúvida quanto a sua decisão.

Insistir em continuar num relacionamento onde algo se quebrou com certeza só vai trazer mais brigas, infelicidade, tristeza e é sempre muito desgastante. Se você não deixou claro que não quer mais, é preciso que o faça claramente para que o passado realmente passe.

Entenda que muitas pessoas pensam que forçando mais e mais uma hora dessas conseguem inverter a situação, mas se você estiver realmente decidida será pura perda de tempo.

Pare para pensar e veja que isso para ela é natural, pois não respeitou o relacionamento e nem ao término dele, quer fazer valer apenas sua própria vontade. Não pode deixar que continue te desrespeitando e se isto lhe incomoda, cabe a você dar um basta.

Mudar o numero de seu celular, email, Facebook, Orkut, etc. é o primeiro passo para começar a mudar, começar uma vida nova.

De espaço para um novo amor, nada como um dia após o outro.

Aprenda com a lição e evite futuras decepções, mas não fuja do amor. Amar é viver, busque um novo significado para sua vida com um novo relacionamento agora com tudo que aprendeu.

Não repita os mesmos erros. Não deixe de viver, de crescer por causa de alguém que te machucou.

Acredite, chegou a Hora de Mudar.

Ame, mas ame um amor maduro (veja aqui no blog o texto: Amor maduro).

Quem ama vive mais.

One thought on “Amor Bandido

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

dezenove + 1 =