Hora de Mudar

Novos caminhos do Amor

Novos caminhos do Amor

caminhos 1 jeb

foto: Caminhos - José Eduardo Boaventura

Hoje já não é mais como antigamente quando os pais controlavam tudo. Os encontros tinham que ser em casa, cada um numa ponta do sofá, sob os olhares dos mais velhos, sem beijos, e nem saídas à rua sozinhos (confidência: entreguei os convites de casamento tendo que levar no carro o cunhadinho, sempre).

Contato físico? Nem pensar. Assim, muitos optavam em casar cedo para fugir dessas regras impostas pela família e sociedade.

Atualmente, tudo isso está fora de moda. Os mais novos querem curtir e os mais velhos não querem assumir relações.

As formas de estabelecer o primeiro contacto mudaram, sendo a Internet um espaço privilegiado. Antes o primeiro contato era feito na pracinha (footing) onde os rapazes ficavam parados na beira da calçada e a moças em grupos ficavam dando volta na praça e a cada volta uma troca de olhares até que um dia … bem um dia começavam a se falar. Tinham também os contatos iniciados na Igreja, apresentado pelas famílias, amigos e interessados .. …”ele estuda engenharia e tem carro”.

Cada vez mais, e no futuro mais ainda, a quantidade de pessoas que encontrará a sua cara metade através de um chat ou de um site de perfis. Quem hoje não tem MSN, Orkut, etc?.

Na net as conversas flúem de forma mais descontraída, não havendo lugar para a timidez.  Conhece-se inicialmente o interior da pessoa e depois através de umas fotos e umas breves informações sobre a pessoa, logo se vê quem se adequa ao perfil que se pretende. É comum ouvir dizer que na net tem muito lixo e só querem sexo, e na vida real também não é assim?  É tudo uma questão de saber escolher de saber dosar as coisas.

As novas tecnologias estão criando vários novos caminhos para o Amor. Vem ajudando aqueles que vivem relações à distância e que a conseguem encurtar com a ajuda da Internet, seja por e-mail ou por telefone.

A escalada do jogo amoroso e da sedução é muito mais rápida on-line do que cara-a-cara. Trocamos conteúdos emocionais da nossa vida mais facilmente com estranhos, porque sempre é mais fácil e oportuno, há uma maior liberdade para expressar os nossos desejos e interesses, assim como despir nossas “máscaras” que por vezes se usa num encontro pessoal.

Enfim a Internet no mundo de hoje é uma realidade sem volta. Empresas não conseguem mais viver sem ela, cada vez mais a medicina depende dela e é a nova forma de as pessoas se conhecerem.

Da troca de contatos à marcação de um encontro, existe todo um jogo excitante, a espera pela próxima mensagem, o saber se ele (a) está on-line… Tudo isto desperta ansiedade e sensações. Até que se passa ao nível do contato pessoal e por vezes as pessoas já se conhecem de tal forma bem, que não há lugar para constrangimentos e o amor pode mesmo acontecer.

Não me diga que não conhece nenhuma história de amor destas?

Esses são os novos caminhos do Amor. Hora de Mudar.

4 thoughts on “Novos caminhos do Amor

  1. Carmen

    Linda foto! Adorei…

    É difícil na minha idade a gente aceitar toda essa revolução de comportamento pois nem toda a mudança esta sendo para melhor.

  2. just me

    Antes o primeiro contato era feito na pracinha (footing) onde os rapazes ficavam parados na beira da calçada e a moças em grupos ficavam dando volta na praça e a cada volta uma troca de olhares até que um dia … bem um dia começavam a se falar.
    I Loved this…he he he

  3. Cris

    Pois é Sr. autor, como fazer para trilhar todos os caminhos e não sofrer? Cá entre nós, quem ainda não conheceu esse novo caminho quer conhecer … rs

  4. Raquel

    Vc diz em seu texto:” Os mais novos querem curtir e os mais velhos não querem assumir relações”. Como ficamos então no mundo moderno? Quais são os papéis que este novo caminho para o amor agrega? Antigamente, homens e mulheres tinham papéis definidos e bem delimitados e, quais são os papéis de hoje? Será que saberemos onde os novos caminhos do amor nos levarão?
    Adorei este texto tbém, provocou-me boas reflexões!
    PS: Boas fotos! Lindas imagens, parabéns ao fotográfo tbém!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

8 + 5 =