Hora de Mudar

O que a vida nos ensina.

O que a vida nos ensina.

O que a vida nos ensina.

O que a vida nos ensina.

Num passado recente as pessoas que se agarravam aos seus conceitos, dogmas, paradigmas, etc. eram consideradas mais firmes, de opinião formada, fortes e que por isso triunfavam.

O tempo mudou.

Com o advento da internet e das comunicações moveis há a necessidade de se rever tudo, jogando fora conceitos de ontem para aceitar o novo de hoje e o diferente de amanhã.

O maior pecado hoje que se pode cometer é ser o mesmo ao longo do tempo, se mantendo com conceitos do passado e assim não viver o presente e o futuro.

Isso não quer dizer não ter princípios, de ser um “vira casaca” como se dizia popularmente. Só muda quem pensa quem consegue enxergar para dentro de si mesmo e tem a coragem de perceber que agora é diferente.

Está aí o desafio: ser diferente todos os dias, sendo na essência sempre o mesmo.

Vamos aprendendo, adquirindo muitas coisas no dia a dia ao longo da vida e aprendi com meus pais que o que eles não me ensinassem a vida me ensinaria.

E é verdade.

Eles tinham razão, a vida nos ensina muitas coisas, a única diferença é que nem sempre com o mesmo amor dos pais. Aproveitar a experiência de quem já viveu pode ser útil e nos ajudar a percorrer essa trajetória na vida com mais facilidade.

Abaixo algumas reflexões que podem nos alertar para muitas situações comuns. Refletir sobre elas e formar nossa própria opinião é o caminho para nos adaptarmos sempre ao presente.

Comecemos pelo tradicional: “Se conselho fosse bom ele seria vendido”.

Quantas vezes você já ouviu que se conselho fosse bom e a melhor opção, ele seria vendido e não dado? Qualquer um querendo ajudar pode te dar um conselho, mas se a pessoa não passou pela mesma situação é difícil saber se vai funcionar, se realmente é o certo. Muitos que dão conselhos nunca viveram a situação em questão e a teoria é muito diferente da prática do dia a dia.

Por isso, tanto na vida amorosa, na social, como na profissional aceite para você somente conselhos de atos e coisas que já foram vivenciados, é melhor. Mas se mesmo assim você não entendeu, não concordou ou não vai adotar, lembre-se que a vida vai te fazer entende às vezes com muito mais sofrimento.

Outra coisa hoje em dia muito esquecida é que “Roupa suja se lava em casa”. Todo mundo já ouviu essa frase, principalmente dos mais velhos.

Com a enorme exposição na internet todo mundo agora se acha no direito de criticar por criticar tudo e a todos e sobre todos os assuntos. Só pessoas imaturas, inseguras corrigem alguém em público e a internet é algo público A coisa mais constrangedora é ser obrigado a assistir ou mesmo participar de uma discussão de relacionamento seja profissional ou pessoal ou mesmo de outros assuntos na frente de outras pessoas onde a ignorância sempre prevalece. Discutir em publico empobrece a todos e só com o tempo aprendemos como nossa vida só pertence a nós mesmos, e a privacidade faz parte.

Se antigamente nossos pais nos ensinavam que “nunca deveríamos comparar a nossa vida com a dos outros”, hoje a internet faz exatamente o contrário.

Isso é um grande equivoco. Somos fruto de nossas escolhas pessoais e a comparação pura e simples pelo o que vemos nas redes sociais não nos ajuda e na maioria das vezes atrapalham. Por outro lado conhecer as experiências vividas por outra pessoa que você conhece e se identifica não necessariamente servirá como um padrão para você. O resultado de cada escolha é fruto de um conjunto de outras escolhas que consciente ou não as pessoais fazem.

Portanto, a tua vida depende somente das tuas escolhas e do teu esforço.  Pare de achar que o verde do jardim do seu vizinho é mais verdinho.

Nos dias de hoje a vida é um grande reality show, com a internet e redes sociais todo mundo sabe da vida de todo mundo, o tempo todo, gostemos ou não, portanto sempre vai haver gente opinando positiva e negativamente. Se prepare para filtrar tudo de um jeito construtivo, positivo.

Quando jovem nos preocupamos muito com o que os outros pensam de nós, mas à medida que amadurecemos a vida vai nos ensinando que o que os outros acham não tem importância nenhuma. Somos únicos e a opinião alheia vai ficando no passado. Aprendemos também que nem tudo é como queremos, algumas coisas podemos mudar, outras temos que abrir mão e muitas o tempo cura, ajeita e deixa no seu devido lugar.

Apesar do mundo material que vivemos é importante considerar que “caráter não se mede por condição financeira”.

Para saber se uma pessoa tem bom caráter observe como ela é com as pessoas que nada tem a dar a ele. O tempo pode mudar a condição econômica de uma pessoa, mas dificilmente o caráter. Ser rico ou ser pobre é apenas um estado econômico e social que pode mudar com o tempo e a qualquer momento.

 

Ser você, mesmo que careta, ultrapassado, fora do padrão isso não tem nada de errado.

Nunca fazer algo contra os seus valores. Quando você quer impressionar alguém ou simplesmente se enquadrar num grupo diferente daquilo que você acredita ou valoriza, você está deixando de ser quem realmente é para fazer parte de um padrão no qual você não se encaixa.

 

Não perca seu tempo odiando alguém ou planejando alguma vingança.

Isso jamais vai lhe trazer algum benefício. O ódio é a ferrugem da alma. Só você vai perder com isso. Saber perdoar mostra o quanto você é emocionalmente inteligente.

Preste atenção e nunca confunda sabedoria com conhecimento.

O conhecimento você adquire com muito estudo muita informação e sabedoria você adquire com o amadurecimento da alma, porém o conhecimento como a sabedoria deve andar lado a lado. Sem o conhecimento você não pode evoluir e sem a sabedoria você não saberá como usá-lo.

Jamais cultive as mágoas do passado.

Passado é imutável e o futuro depende do seu presente. O tempo mais importante é o agora. Quem não vive o presente no futuro não terá passado. Quem vive se lamentando do passado perde tempo e estraga o futuro. Viva o hoje intensamente. Amanhã poderá ser muito tarde para se arrepender de algo. O tempo cura a dor, o ódio, o rancor e o amor perdido, talvez nem tudo, mas com certeza vai amenizar muito coisa.

Viva um amor intensamente, mesmo que seja uma única vez na sua vida.

Se não deu certo ou não foi correspondido, paciência. Que seja eterno enquanto dure que seja bom pelo tempo que tenha que ser, e mesmo que um dos dois desista no caminho, ambos aprenderam alguma coisa para tirar o melhor proveito para um próximo relacionamento.

Desde criança aprendi que não se deve julgar ninguém pela sua sexualidade, físico, cor, raça, religião politica e time de futebol.

Respeite as escolhas dos outros para que as suas escolhas sejam respeitadas. Ë importante que cada um tenha o direito de fazer as suas próprias escolhas. O que é certo ou errado só diz respeito a você.

Conforme o tempo passa nos tornamos mais observadores e “difíceis”. Passamos a querer pessoas com conteúdo além de beleza. É muito mais interessante e excitante um papo inteligente com um sorriso bonito e aberto. As diferenças é que darão cor a vida, se nos fechamos numa “bolha” falando somente com quem pensa igual veremos a vida apenas em branco e preto.

Pare já de falar da tua vida, não fale nada da vida alheia.

 Para que se expor contando detalhes da sua vida que amanhã pode mudar e dar motivo para ser criticado? Se for falar algo de alguém, só fale coisas boas e coisas positivas. Para que falar de falhas ou fazer julgamentos dos outros? Você sinceramente acha que isso o fará de você uma pessoa melhor? Saia fora desse circulo vicioso lembrando que para cada dedo apontado para alguém, sempre haverá quatro a cinco dedos apontados para você.

Finalmente lembre que nessa vida nada lhe pertence.

 Sim, viemos a este mundo sozinho, sem nada e assim vamos embora. Tudo que você possui aqui é um empréstimo. Nem mesmo teus familiares lhe pertencem e menos ainda algum bem material.

Nem do teu corpo você é dono. A única coisa que você levará desta vida será suas lembranças, então faça o teu melhor.

Lembre-se:  sempre é HORA DE MUDAR.

 

 

 

 

 

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: