Hora de Mudar

Por que elas, inteligentes, independentes, bonitas e interessantes … estão sozinhas?

Por que elas, inteligentes, independentes, bonitas e interessantes … estão sozinhas?

Coincidindo com a crise dos 30 anos, quando a mulher está independente, bonita, inteligente, interessante, bem sucedida ela se consulta e se pergunta: por que estou sozinha? Sim, porque toda mulher ainda sonha encontrar um grande amor, um parceiro para dividir sua vida.

Hoje se encontra uma grande quantidade dessas mulheres na faixa dos 30 a 40 anos que estão solteiras e o que mais se ouve dizer é que os homens tem medo de mulher inteligente e bonita, mas será mesmo?

Sinceramente… acho que não!

Claro que com as inúmeras mudanças sociais e comportamentais tanto os homens como as mulheres tem vivido conflitos difíceis, mas se afirmar que tantas mulheres bonitas, inteligentes e interessantes estão sozinhas porque os homens fogem delas já acho parcial e tendencioso e simplista demais.

Quando essa questão aparece nas conversas muitos questionamentos surgem, mas tem duas perguntas que são sempre recorrentes, vamos a elas:

1. E verdade que quanto mais cresce a lista das qualidades femininas as relações vão ficando mais difíceis?

Não é verdade, o que vem acontecendo é que a mulher hoje com mais informação disponível está mais exigente, impaciente, ansiosa e fantasiam demais.

Quando o cara é bonito logo fica preocupada pois ou é “galinha” ou gay e vai chamar atenção das amigas e vai dar trabalho; se o cara é feio, logo pensa no que as amigas e a família vão comentar; quer um cara maduro com idade igual, superior ou minimamente próxima a delas (ou seja, tanto faz), atraente, sarado, mas não musculoso, experiente, bem sucedido, carinhoso, divertido, independente e disposto a uma relação estável.

Como as mulheres atuais têm mania de escolher um homem para mostrar para as outras mulheres e não para ter alguém que seja realmente companheiro, talvez essa seja a grande diferença da escolha de antigamente.

O parceiro não precisa ser tudo isso acima, ele deve apenas saber como tratar uma mulher, VOCÊ. Sim porque cada mulher é única e tem que ser decifrada e cultivada todos os momentos.

Penso que se as mulheres pararem, ficarem tranquilas e abertas percebendo o que está acontecendo ao seu redor e não ficarem se preocupando com a pressão da família ou sociedade para terem alguém, isso logo acontecerá.

Que tal primeiro se amar, se aceitar, curtir a sua própria vida para então esbarrar com alguém interessante?

2. Todas falam e repetem sempre, que desejam encontrar alguém, viver um amor, mas que estão muito cansadas de tentar e não sabem como agir para atingir este objetivo?

Encontrar alguém para viver um grande amor não pode ser o objetivo isso tem que ser a consequência.

Mas se o encontro é consequência, qual é o real objetivo?

Todos, homens e mulheres, estão errados em sua busca. Acreditar que é este outro (ou o encontro com ele) que vai solucionar suas vidas livrando dos sentimentos de solidão, baixa autoestima, insegurança, é um grande equivoco.

Não é fácil lidar com esses sentimentos e todos, algum dia das nossas vidas, sentimos que é quando bate aquele medo enorme de nunca nada vai mudar.

Mas está na HORA DE MUDAR e parar de colocar todos nossas esperanças de sermos felizes no outro e perceber que se seu grande amor não vem é porque de alguma forma você está fechada para ele.

Se consulte e não adianta já ir respondendo que está disponível totalmente, mas não rola porque não há homens interessados em relacionamentos estáveis.

Você pode até pensar assim, mas não concordo.

Garanto que existem sim homens interessados e disponíveis em busca de relacionamentos estáveis. Se ainda não chegaram até você é outra questão…

Tem aquelas que sustentam que querem sim encontrar alguém, mas no fundo não estão dispostas de abrir mão de sua independência, de sair os finais de semana, viajar, curtir os amigos. Elas voltam para casa e ficam se lastimando que estão sozinhas. Bobagem estão felizes, mas ainda não se deram conta de que isso é possível e não precisam ter alguém grudado para ser feliz.

Pare de sustentar a sensação de que falta algo. Você é feliz, sim. E se convencer-se disso e aproveitar o que tem de bom no seu estilo de vida, muito provavelmente o amor vai chegar naturalmente, sem esforço, sem tristeza, sem desespero.

O outro tipo de mulher inteligente, independente, interessante, bonita e… sozinha é aquela que perde toda sua beleza externa e interna por conta da sua ansiedade tão grande, inconsciente, no seu olhar angustiado.

A postura tensa, desconfiada, sempre na defensiva, com as garras afiadas para atacar o primeiro que se aproxima sempre achando que é mais um que vem e vai logo embora.

Todas suas características, que a fazem interessante, perdem o brilho e a força na certeza de que não vai rolar. O medo de tentar de novo e não dar certo logo aparece e se tornar um círculo vicioso, uma armadilha, uma autocondenação. (leiam nesse blog o texto: Flechas do Amor).

A Flecha do Amor não entra porque a postura não natural, solta, livre, sem estar disponível internamente, sem medos, preconceitos, couraças, barreiras que mais afastam do que atraem, mais assustam do que conquistam não é a consequência

Vamos olhe para você. Acredite na sua inteligência e na sua beleza, e mesmo assim se for para ficar sozinha que seja essa a grande maneira de ser feliz… até que a Flecha do Amor chegue e se transforme numa outra forma de felicidade.

A meu ver é preciso fazer uma auto-reflexão para que as que ainda não encontraram um companheiro e o buscam, conheçam suas demandas, suas qualidades e reflitam sobre o quanto estão exigindo dos homens ou o quanto estão realmente abertas a conhecer alguém. Afinal, os relacionamentos exigem compreensão, empatia, disponibilidade, capacidade de ceder e abrir mão de ter razão o tempo todo.

“Uma mulher inteligente sabe que antes de qualquer coisa ou alguém, precisa essencialmente de si mesma para ser plenamente feliz. Ama fervorosamente, mas não depende sentimentalmente dos outros.” Clara Furtado

“A mulher que se acha inteligente reclama igualdade de direitos com os homens. Mas a mulher que é realmente inteligente não o faz.” Sidonie Colette

3 thoughts on “Por que elas, inteligentes, independentes, bonitas e interessantes … estão sozinhas?

  1. Cuca

    Cai na real! homem só quer saber de dinheiro e bem estar; mesmo q a mulher tenha 90 anos!! homem tem medo é de pobreza! se a velha for uma rica pouco importa afinal eles nunca ficam somente com uma! KKKKKK povo otário

  2. Aleksandra

    Não acredito que os homens tenham medo de mulheres inteligentes, lindas, independentes, etc. Mas posso falar por mim mesma que vivi um relacionamento a pouco tempo com um homem que no inicio era compreensivo, carinhoso, atencioso, mas com a convivência se tornou inseguro, controlador, ciumento, entre outras coisas. Será que este não pode ser um motivo para que o outro também fique inseguro e querendo provar o tempo todo que está tudo bem? As vezes fazemos isso, porque acreditamos que pode dar certo, porque amamos.
    Concordo quando diz que não deve ser o objetivo de ninguém viver um amor, afinal, existem tantas outras coisas que são importantes que nos faz tão feliz.
    Em minha opinião, o mais importante é que no final de tudo possa olhar pra trás e ter a certeza de que viveu o que tinha que ser vivido. A graça está em se entregar sem medo que o outro possa perceber nossos defeitos, porque corajoso é aquele que se mostra frágil e imperfeito.
    Adorei.

  3. Katia

    Na verdade um relacionamento ” ideal” e aquele onde se pensa em fazer outro feliz esse e o caminho..mas nosso egoísmo coloca todas essa coisas como cheque de não encontrar alguém

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

onze + três =